.
Mostrando postagens com marcador cinema. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador cinema. Mostrar todas as postagens

27 agosto, 2015

Como é estudar em Hollywood

Nas postagens anteriores comentei sobre a viagem para Califórnia. Meu objetivo da viagem foi estudar interpretação para cinema e televisão; ano passado decidi deixar de lado meu trabalho como publicitária e retomar minha carreira como atriz. Enfim, em Los Angeles visitei várias escolas, mas hoje vou contar sobre a minha experiência em como é estudar em Hollywood.

Los Angeles - Onde estudei


Desta vez escolhi o programa intensivo de verão da American Academy of Dramatic Arts. A escola fica em West Hollywood e tem uma estrutura muito boa. Os estúdios (salas de aula) contam com a presença de um diretor de fotografia o tempo inteiro para garantir que tudo que é filmado tenha uma boa qualidade.
Tínhamos aulas todos os dias de manhã até a noite. As matérias eram divididas em Audition (técnica para fazer testes de elenco), Sitcom (técnica de interpretação para programas de sitcom), Commercial (técnica para comercial), Acting e Working (uma matéria bem interessante com aulas sobre administração de carreira). O mais bacana do intensivo de verão é que todas as aulas são gravadas e no final do curso todos os alunos levam para casa suas cenas editadas. Ótimo para produzir material, principalmente para mim que ainda não tenho muito video em inglês.




Além de aprender muito ainda tive a oportunidade de fazer amigos de verdade, e do mundo inteiro! Prestem bem atenção nesses rostos, todos serão movie stars muito em breve! Gente linda, talentosa e generosa <3 


Depois que o intensivo terminou minha amiga Sara (ela é chiquérrima e atriz no Líbano) continuamos nossos estudos com nosso acting coach, Clay Banks. Trabalhamos em sessão individual nosso sotaque (o meu é beeeem carregado) e outros aspectos de interpretação. Super recomendo o Coach Banks para quem está pensando em ter aulas em Hollywood. Na verdade o estúdio dele fica em Studio City, 20 minutos do centro de LA e onde são concentrados os estúdios (o nome da região é bem óbvio, né rsrsrs).


Depois disso, ainda fiz aulas no Studio 4, a escola de cinema do James Franco. Um dos cursos é fantástico! Chama On Camera e todas as aulas são, obviamente, sobre atuar para câmera. A dinâmica é assim: o coach Sean Barnes (fantástico!) envia o roteiro para todos os alunos estudarem, memorizarem as falas e, claro, preparar sua interpretação. A aula é um set de filmagem e cada aula acontece em uma locação diferente. O coach não vai ensinar você a criar uma personagem, nem nada disso. Apenas vai dirigir o seu trabalho para a cena, ou seja, você aprende muito sobre ser independente e fazer todo seu trabalho sozinho para chegar no set de filmagem totalmente preparado. Super recomendo!
Eu fiz uma cena de comédia em que um casal discutia porque o marido comprou um carro Porsche e a esposa ficou furiosa com isso.  Não vou postar a cena aqui, mas olha só a foto. Meu colega, Robby Shearer, e eu no set.



Nem preciso dizer que aprendi demais! Aliás, desde o ano passado em Vancouver venho aprendendo cada vez mais. Hoje sou muito mais feliz por ter decidido passar esse ano de 2015 investindo nos meus estudos.



01 julho, 2014

Prada - Grande Hotel Budapeste - Filme

Adoro quando arte, cinema e moda se encontram! Já falei tanto sobre isso aqui no Shakespeare de Batom, mas nunca canso de mostrar parcerias de sucesso. A Prada fez mais uma colaboração especial com a sétima arte, dessa vez em O Grande Hotel Budapeste, dirigido por Wes Anderson. O filme, que estreia essa semana no cinema, conta as histórias de um concierge do famoso hotel, vivido por Ralph Fiennes (adooooro!). Espia só as fotos do filme, a direção de arte é incrível!


Miuccia Prada criou para o filme um conjunto com 21 malas e baús um dos protagonistas, Madame D. interpretada por Tilda Swinton. O mais legal é que as peças foram inspiradas nos modelos vintage da marca, afinal, o filme se passa no período entre guerras. O grande lance é a atmosfera de glamour que as viagens tinham antigamente quando elas duravam muito mais tempo. Os objetos usados no filme ficarão em exibição em algumas lojas Prada pelo mundo, como em Berlim, por exemplo. Olha só que lindas! 



Estou louca para assistir ao filme, acho que vou gostar porque o trailer já adorei. Vou falar de novo: estou apaixonada pela direção arte! 


Ah, essa não é a primeira colaboração entre Prada e o diretor, Wes Anderson. No final do ano passado, foi Wes quem dirigiu o fantástico fashion film da marca, Castello Cavalcanti. Até fiz um post sobre ele, vale a pena relembrar


E aí, curtiu a parceria? Deixa sua opinião aqui nos comentários do blog. 

02 maio, 2014

Filme Yves Saint-Laurent

Essa semana assisti ao filme "Yves Saint-Laurent". Nem precisa dizer que me apaixonei pelo filme, né? Yves Saint-Laurent, pra mim, era mais do que estilista, pois seu trabalho ia muito além da moda. YSL era um artista verdadeiro e um dos meus preferidos. Não lembro se já comentei aqui no Shakespeare de Batom, mas só conheci Bruxelas por causa da exposição Yves Saint-Laurent Visionnaire, fui até lá só para ver de perto.
Voltando ao filme, o ponto que mais me impressionou foi a sensibilidade de todo o longa. Mais do que narrar fatos da história do estilista, o filme é sobretudo uma ode ao amor... pela arte, pelas pessoas. Acho que foi por isso que me emocionou tanto.

imagem do filme
O filme, dirigido pelo francês Jalil Lespert, conta a história do início da carreira de Yves Saint-Laurent, quando ele assume a direção criativa da Dior, até a criação de sua maison. Os melhores pontos do filme são também, para mim, os maiores de sua carreira, como a criação do Mondrian Dress (já falei sobre ele, aqui), por exemplo. Aliás, YSL sempre esteve em contato com a arte e esse é um aspecto muito forte no filme. Em um momento, o personagem questiona porque a moda não é considerada nobre como as artes plásticas e depois comenta que, para ele, criar suas roupas é também uma maneira de se expressar e continuar vivo, tanto quanto qualquer arte.
Uma coisa legal é que o filme teve apoio do próprio Pierre Bergé e muitos dos lugares que aparecem no filme são reais, como o ateliê do artista, por exemplo.

Yves Saint-Laurent em criação

O Victor Hugo Reis, também conta sua percepção do filme. Dá só uma olhada.

"Sinceramente, é um filme inquietante, sofrido (vi gente chorando, a Luiza Garmendia, principalmente!) e sexual. Isso porque o longa-metragem fetichiza o personagem e explora sua relação com Pierre. Não posso deixar de destacar a relação com a arte, que o Shakespeare de Batom tanto prega, presente no filme e no próprio cenário da moda mundial. Acredito que poucos estilistas são verdadeiros artistas como Yves Saint-Laurent foi."

Yves Saint-Laurent nu para anúncio de sua fragrância masculina em 1971

Para fechar o post, a melhor frase sobre moda de todos os tempos: 

“Nada é mais belo do que um corpo nu. A roupa mais bela que pode vestir uma mulher são os braços do homem que ela ama. Mas, para aquelas que não tiveram a sorte de encontrar esta felicidade, eu estou lá.”
Yves Saint-Laurent


*Luiza Garmendia foi a convite da assessoria de imprensa para assistir o filme "Yves Saint-Laurent" em sessão especial no Cinemark do Shopping Mueller, em Curitiba

28 janeiro, 2014

Kate Moss para Alexander McQueen - Fashion Film

Saiu ontem mais um fashion film que está dando o que falar. O video para a grife Alexander McQueen, atualmente nas mãos da diretora criativa Sarah Burton, foi estrelado por Kate Moss e dirigido por Steven Klein, fotógrafo de moda que já colaborou antes para a marca.



A pegada do filme é toda sombria e a trilha sonora super carregada me lembrou um pouco Jogos Mortais, principalmente nos exageros de foley (ruídos dos objetos que aparecem nas imagens). Parece bobo, mas assista ao video e fale se não é verdade. A direção de arte trabalha com a escuridão e resolve isso com momentos de luz bem direcionados, com um efeito lindo. Achei um pouco demais os elementos de filmes de terror: rua deserta, boneca estilo assassina, ruído de objetos se arrastando, relógios batendo, videos sem sentido. Ah, olha só as fotos da campanha de primavera verão 2014:






E você, gostou das imagens e do fashion film? Deixa sua opinião aqui nos comentários do blog! 





25 janeiro, 2014

Novo filme de Miu Miu com Lupita Nyong'o

Desde o Golden Globes estou encantada com a atriz Lupita Nyong'o, estrela do filme 12 Anos de Escravidão. Aliás, filme que está dando o que falar. Ainda não assisti, mas estou doida pra ver! Todo mundo me falou coisas incríveis e sensíveis sobre o longa.

E não é só de dramas dignos de Oscar que vive a carreira de Lupita. Ela estrela a nova campanha da Miu Miu, que por sinal é linda! O filme, com direção assinada por Inez & Vinoodh, ainda conta com a fofíssimas atrizes Elle Fanning e Elizabeth Olsen, ambas irmãs mais novas de outras mulheres bem famosas, além de Bella Heathcote. Amei a edição rápida e jovial das imagens ao som de Porter Robinson.


23 dezembro, 2013

Penteados de Cinema para As Festas de Natal

Vocês já viram que o GHD - Good Hair Day - está bombando aqui no Shakespeare de Batom, né! Hoje eu e o Rahim Hansen decidimos mostrar um pouco do que nos inspira nessa época tão gostosa e cheia de festas. Como sempre, eu aproveito o final do ano para ver (e rever!) meus filmes preferidos. Por isso, resolvi fazer uma lista com 8 penteados de filmes para o Rahim dar as dicas dele também.

007 - Operação Skyfall 



O filme: de todos os filmes de James Bond (sim, eu já assisti todos!), esse é meu preferido. Sam Mendes, o mesmo diretor de Beleza Americana, traz para as telas um lado mais humano do icônico personagem de Ian Fleming ao contar um pouco mais sobre seu passado. Tem que ver! 

O cabelo: "O penteado é um falso curto e é hit para 2014! Fica lindo e dá um novo visual sem ser definitivo. Copie: modelo cachos com um babyliss, prenda as pontas das mechas uma a uma na raiz do cabelo. Deixe as laterais bem volumosas." 


O Grande Gatsby 



O filme: sou suspeita porque, ao contrário da maioria, adorei a versão megalomaníaca de Baz Luhrmann da obra de F. Scott Fritzgerald. Preste atenção nas citações do livro e também na trilha sonora, incrível! 

O cabelo: "Cabelos colados com laque duram a noite toda. O penteado é prático e fácil de fazer em qualquer cabelo independente do comprimento. Para copiar, você deixa os fios úmidos com gel ou spray. Se o seu cabelo tiver ondas naturais, fica ainda mais bonito."



Maria Antonieta 



O filme: a versão de Sofia Coppola me encanta pelo colorido da direção de arte! Todos os detalhes visuais são absolutamente perfeitos. O roteiro é incrível e mostra uma versão bem feminina de Maria Antonieta.

O cabelo: "Esse preso desfiado pode ficar casual se for com um leve volume e um coque frouxo com fios soltos. É um coringa, mas fica incrível em rostos mais redondos, pois o volume alonga o rosto."



Dear Brigitte 


O filme: Como o cabelo de Brigitte Bardot é tão famoso quanto ela, não consigo relacioná-lo com apenas um filme. De todos os estrelados por ela, escolho o Dear Brigitte para indicar, pois não é muito conhecido e a atriz interpreta ela mesma. Super divertido!

O cabelo: "Sexy e feminino, esse penteado nunca falha! Você consegue fazer sozinha em casa deixando os fios ondulados e prendendo a parte do topo atrás com bastante volume. Pode deixar bagunçado mesmo."



Os homens preferem as loiras



O filme: acho que é o mais conhecido da Marilyn Monroe. É dele o famoso número musical "Diamonds are a girl's best friend" (os diamantes são os melhores amigos de uma garota). Um clássico, nem precisa falar mais nada. 

O cabelo: "Para cabelos de comprimento médio, basta escovar modelado com bobes. Esse penteado fica bem para quem tem o rosto redondo e vai usar uma roupa tomara que caia."



Bonequinha de Luxo


O filme: não podia faltar na minha lista. O filme com o penteado mais clássico de todos os clássicos. Pouca gente assistiu o filme, mas todo mundo conhece essa imagem de Audrey Hepburn. Minha dica: assista. Além de super divertido, você tira uns bons conselhos do filme. 

O cabelo: "O coque alto com desfiado caído pelo rosto pode ser usado com ou sem franja. Fica romântico e fino, além de alongar a silhueta. Sempre arremate esse penteado com uma fivela para ficar com um acabamento chique e prefira usar um vestido sem muitos detalhes para poder abusar de um colar mais chamativo."


Gilda



O filme: é o meu exemplo preferido do cinema noir, principalmente por retratar a femme falate (a mulher fatal), um dos elementos característicos dos filmes de suspense da época). Repare como a personagem Gilda é forte e ao mesmo tempo delicada e indefesa, adoro esse contraponto. 

O cabelo: "Esse também é o penteado hit de 2014! O lateral ondulado foi o mais pedido na minha cadeira do Vimax Beauty. É só modelar os cachos, depois soltar e pentear os fios com uma escova raquete. O segredo é o acabamento com bastante spray."



Barbarella



O filme: lançou Jane Fonda como um ícone do cinema! Adoro esse filme dos anos 60 baseado em histórias em quadrinhos. Super divertido, o filme brinca com o tema sexual e futurista. Não tem como explicar muito, assista e depois me conte. 

O cabelo: "Lindo o penteado! Qualquer perfil de mulher fica bem com esse penteado. O segredo é desfiar bem a raiz jogando as mechas para trás. Fica super sexy e você vai se sentir uma diva do cinema!"


E você, curte os penteados de cinema? Em qual diva irá se inspirar nas festas de final de ano? Deixa seu comentário aqui no blog!


16 dezembro, 2013

Filme Fashion de Tamara Mellon

Adorei o primeiro fashion film de Tamara Mellon. Para quem não conhece, ela foi diretora criativa Jimmy Choo e depois lançou sua marca própria. E seu primeiro filme já estréia arrasando! O tema? A femme fatale na sua melhor forma digna de diva do cinema noir. Adoro filmes de moda, mas esse em especial se superou. Ok, o final não me agrada muito, mas a atmosfera do curta é demais. Adoro esse clima de mistério.


Estrelado pela modelo Karlie Kloss e dirigido por Rie Rasmussen, o filme chamado de "High Heels, Sharp Knives" ou "Salto Alto e Facas Afiadas" (minha tradução livre) tem uma fotografia impressionante. Repare no contraste entre luz e sombra, incrível!



Ah, repare também nas botas usadas por Karlie chamadas de "Sweet Revenge" (ou Doce Vingança). Gente, sério, eu queria um par de botas chamado assim! Fala sério.



A designer teve como inspiração as fotografias do incrível Guy Bourdin. Separei algumas imagens dele para vocês verem. Eu curto. E vocês? 







E você , gostou do fashion film de Tamara Mellon? Curte as fotografias de Guy Bourdin? Deixa sua opinião nos comentários do blog.

05 dezembro, 2013

The Return - Novo Filme de Chanel

Estou louca para assistir ao novo filme de Chanel, "The return". Já faz um tempo que saiu o teaser para ele e ontem liberaram também o trailer.

Dirigido pelo próprio Kaiser, Karl Lagerfeld, o filme de 30 minutos será exibido dia 10 no desfile Paris-Dallas Métiers nos Estados Unidos. O papel de Gabrielle Chanel é interpretado por Geraldine Chaplin. Sim, o sobrenome dela já entrega tudo: sim, ela tem a sétima arte nas veias e é filha do grande Charles Chaplin. Ou seja, um filme em que um ícone do cinema interpreta um ícone da moda. 



A história acontece no final de 1953 quando Coco Chanel retorna ao universo fashion e mais tarde reabre sua maison depois de 15 anos. Ela havia decidido interromper suas criações por causa da Segunda Guerra Mundial e existem frases célebres sobre isso, incluindo uma em que ela afirma que aquela não era época para a moda. A história de Chanel sempre esteve muito ligada aos momentos históricos.



A escolha dos EUA para o lançamento do filme também não é por acaso, afinal, apenas a mídia americana apoiou a volta de Chanel mesmo quando a imprensa francesa recebeu com frieza sua volta à criação de moda.


Agora é esperar para ver o filme completo. E você, curte fashion films? Como acha que será The Return? Deixa sua opinião nos comentários do blog!


25 novembro, 2013

Fashion Film - O novo e os antigos filmes da Prada

Sou louca por fashion films, aqueles filmes de curta-metragem produzidos pelas grandes maisons. A Prada apresentou durante o Festival de Cinema de Roma, "Castello Cavalcanti", seu novo curta dirigido por Wes Anderson. Todo filmado em Roma e ambientado na Itália de 1955, o filme tem Jason Schwartzman como protagonista.



O fashion film é incrível! Eu adorei. Tem um tom super cômico e divertido, pontuado também pela interpretação do ator. Conta a história de um piloto de corrida que se acidenta contra uma estátua de Jesus. Então, ele vai até um café e lá descobre seus ancestrais italianos. O estilo do filme é bem típico de Wes Anderson, com a direção de arte marcada pelas cores vivas e a fotografia com bastante contraste. A movimentação de câmera também é super legal. Amei!



O diretor Wes Anderson também colaborou com a Prada e dirigiu junto com Roman Coppola curta-metragens para o perfume Prada Candy L 'Eau Miuccia. Aliás, olha só que máximo. Amo o visual desse filme, o episódio 3. A direção de arte e a fotografia tem cores mais suaves se comparadas com o novo filme Castello Cavalcanti.




Não é de agora o amor entre a Prada e o cinema. Para mim, um dos fashion films mais legais do mundo é o A Therapy dirigido pelo polêmico Roman Polanski e estrelado pelos magníficos sir Ben Kingsley, no papel do terapeuta, e Helena Bonhman Carter, sua paciente.  Já falei sobre o filme aqui no Shakespeare de Batom, relembre aqui!

imagens reprodução
Aqui em Curitiba, a Prada inaugurou sua primeira loja na semana passada. Localizada no Shopping Pátio Batel, a nova casa da marca trouxe produtos exclusivos para sua inauguração. E para quem fica curioso sobre minha "vida de blogger", aqui a foto do dia da festa na Prada em Curitiba.

crédito imagem: Rubens Nemitz e Maurício D'Elia

E você, curte fashion films? Curte essa interação entre cinema e moda? Curtiu o novo filme da Prada? Deixa seu comentário aqui no blog! 


31 outubro, 2013

Vivo Open Air em Curitiba

Juro, fazia um tempo que eu queria um evento de cinema como esse em Curitiba. Começou ontem o Vivo Open Air. Já conhecem o evento? É o maior festival de cinema ao ar livre do mundo. Aqui na cidade, tudo foi montado no Eco Estádio da J. Malucelli, bem perto do parque Barigui. Na verdade, você estaciona no parque e lá há um esquema de vans que deixam você bem na porta da bilheteria. Super prático. Lá, você pode escolher sentar nas arquibancadas ou nas cadeiras no gramado. A tela é enorme e o som é digital, como um cinema convencional. A diferença é poder ver filmes num outro clima ao ar livre. Sempre via essas coisas em seriados americanos. Show!


Fico muito feliz quando vejo marcas investindo em eventos culturais. No caso da Vivo isso veio bem de encontro com minha paixão, o cinema. Fiquei encantada. Nada melhor do que numa noite de verão poder assistir um grande filme ao ar livre com o pé na grama. Amei. 


A exibição de ontem foi de O Mordomo da Casa Branca, de Lee Daniels. Escolha certeira com um filme crítico e forte que trata bastante sobre a luta dos negros americanos por direitor civis em uma época em que o país vivia divido e negros e brancos tinham lugares separados para sentar em um restaurante, por exemplo. Ainda não tinha assistido e fiquei impressionada com a atuação da Oprah que interpreta a esposa do protagonista vivido pelo Forest Whitaker. Incrível. Assisti chorando, me fez refletir bastante. Li críticas sobre o filme e é consenso que ele explora demais o "melodrama". E qual é o problema disso? Eu curti.  


imagem reprodução

Enfim, o Vivo Open Air vai até dia 10 de novembro e acontece de quarta a domingo. Os ingressos custam R$ 40,00 e a meia entrada é R$ 20,00. A programação inteira está no site. Eu indico rever o Poderoso Chefão (fã incondicional da trilogia, mas ainda acho terceiro o melhor dos filmes!) e inclusive prestar ainda mais atenção no diálogo inicial. Se puder, assista também Django Livre. Ok, sou suspeita para falar porque amo o estilo de Quentin Tarantino e todos os atores, principalmente Jamie Fox e o Leonardo Di Caprio, estão incríveis nesse filme. Por enquanto, olha aí a foto do evento de ontem.



E você, curtiu a ideia do cinema ao ar livre? Deixa sua opinião nos comentários do blog! 

*Fotos: Diego Pisante

06 julho, 2013

Moda - Assista novo filme da Prada

Amo filme de moda! Vocês já viram o novo da Prada para a campanha de inverno 2013? Gente, eu adorei! Não sei se já falei aqui no blog, mas eu sou atriz! Então, me identifiquei bastante com o filme. Dirigido por DJA e com fotografia de Steven Meisel, o video mostra modelos, incluindo a lindíssima Freja Beha, simulando testes de elenco para o papel da próxima estrela da Prada. Assista porque é demais! 


O video tem um clima bem misterioso embalado pela música "Shallow Then Halo" da banda escocesa Cocteau Twins. Reparem também na iluminação maravilhosa com a luz "recortada" fazendo contraste entre claro e escuro. Fotografia mais do que perfeita.


Ah, a descrição oficial do video é assim (perdoem, eu mesma traduzi): 

"E ação! Sob o brilho dos holofotes e o olhar atento do diretor de elenco, nove jovens atrizes esperançosas tomam o centro do palco e se preparam para seus close-ups. O caçador e a caça, observando um ao outro como bestas selvagens. Um a um, eles são selecionados e deixados de lado como slides em um carrossel que gira eternamente. Uma dança entre a realidade e a ficção, essas mulheres não são o que você pensa que elas são..."

imagem reprodução via 
Adorei pensar nessa relação entre caçador e caça. Isso dialoga bastante com o processo da indústria da moda que por si só é um carrossel de giro eterno em que uns sobem, outros descem, e tudo muda o tempo inteiro invertendo papéis constantemente. O que era desejo hoje é o lixo de amanhã. Super batido, mas sempre válido para reflexão. Acho legal também pensar em como essas mulheres, no filme, estão se sujeitando a posição de serem observadas e julgadas, se colocam no papel da caça. Pensa na última frase "elas não são o que você pensa que elas são". 

E você, curtiu o filme da Prada? Deixa sua opinião aqui nos comentários do blog! 



28 junho, 2013

Inspiração de Sexta - maquiagem Jessica Chastain YSL

Para inspirar a maquiagem do final de semana, escolhi as imagens da campanha de Manifesto by YSL estrelada pela lindíssima atriz Jessica Chastain. Nas fotos, acho que ela aparece com dois makes diferentes. Na primeira, em tons neutros com o côncavo bem marcado e delineador com traço mais grosso. Na segunda, a sombra escura predomina, mas o look fica limpo porque quase não há traço na parte inferior dos olhos. Dá para perceber também a perfeição do contorno da boca, para fazer um efeito parecido eu gosto de usar um lápis iluminador bem em cima do traço dos lábios inferiores.
Amei também a combinação do batom com o esmalte das unhas. Ótimo para uma festa no sábado à noite.

fotografia Max Vadukul
E para quem vai curtir o final de semana em casa no sofá embaixo das cobertas, também pode se inspirar na Jessica Chastain. Ela está ótima ao lado de Brad Pitt e Sean Penn em "A Árvore da Vida". O filme, escrito e dirigido por Terrence Malick, é repleto de poesia e na minha opinião uma obra-prima visual. Assistindo você vai para além do enredo, transportado pelas belíssimas imagens. Amo a seqüência da criação do universo logo no início. Enfim, tem que assistir para entender. Espero que gostem. Aqui vai o trailler.



E você, gosta da inspiração dessa semana? Curte a maquiagem das fotos? Já assistiu o filme Árvore da Vida? Deixa sua opinião aqui no blog! 



17 julho, 2012

Anna Karenina - literatura, cinema e moda


Amo quando moda encontra arte. Dessa vez, a Banana Republic se inspira nos figurinos do filme Anna Karenina e cria uma coleção cápsula. A figurinista Jacqueline Duran e o diretor criativo da marca se uniram para fazer peças usáveis no cotidiano, uma releitura do estilo russo retratado no filme. Leia mais no Style.com




Com previsão de lançamento no Brasil em 2013, o filme, por sua vez, é inspirado na literatura, o clássico escrito por Tolstói. Infelizmente, eu mesma ainda não li o livro (que vergonha...), mas sei que retrata a história de amor e adultério vivida na sociedade russa. Preciso me informar... De qualquer maneira, a nova versão cinematográfica é dirigida por Joe Wright e tem Keira Knightley e Jude Law no elenco. Saiba mais sobre o filme no Omelete






Voltando ao assunto de moda, não é a primeira vez que a Banana Republic se deixa inspirar pelos figurinos do universo audiovisual. A marca há lançou também tempos atrás uma outra coleção cápsula inspirada no seriado Mad Men, famoso e polêmico por mostrar o mundo das agência de propaganda dos anos 60 e abordar temas controversos. Adoro. Inclusive, os figurinos da série sempre foram um dos mais admirados. Dá uma olhada na foto da campanha.


Ficou curioso para assistir ao filme Anna Karenina? Veja o trailer da versão de 1997, de Bernard Rose.




E assite também ao trailer da mais nova versão. Confesso que estou bem curiosa para assistir ao filme, a direção de arte e o figurino já fazem sucesso na minha cabeça. 




E você? Conhece a obra de Tolstói? Gosta da ideia de coleções inspiradas em filmes ou seriados? Comenta aqui no blog.