28 maio, 2015

Luiza no Canadá - Minha experiência em Vancouver

Vooooltei!
Como eu estou sempre em viagem... Pra quem nem sabia que eu tinha ido a algum lugar, explico. Ano passado decidi passar uma temporada no Canadá, em Vancouver na real.

Vancouver é linda!

Fui em dezembro e voltei para Curitiba semana passada. Tinha planejado fazer posts de lá contando tudo sobre minha experiência, mas sabe como é; a vida é uma caixinha de surpresas. Aconteceram MILHARES de coisas boas (ótimas!) e nesses seis meses no Canadá eu acabei vivendo uns seis anos, pelo menos. Sério. Nem sei por onde começar. 
Agora que estou em Curitiba vou (tentar, enfatiza o verbo tentar please) começar uma série de posts contando um pouquinho sobre como foi morar e estudar seis meses no Canadá. Ah, vou mesclar com posts sobre novidades daqui pra não ficar cansativo. 

Então primeiro post… o que a Luiza foi fazer no Canadá 

Vocês até imaginam a quantidade de vezes que eu aguentei a piada da "Luiza que está no Canadá". Sério. Minhas amigas fizeram questão de me encher a paciência postando fotos delas todas juntas e a legenda "todo mundo reunido... menos a Luiza que está no Canadá".
Agora como eu fui morar no Canadá ainda não entendi. Nunca pensei no país como uma opção para passar uma temporada, ainda mais no inverno. Detesto frio. Só tinha visto neve umas poucas vezes na vida (e preciso confessar que só vi neve 1 vez lá durante todo o inverno). Pensa numa pessoa que detesta usar "camadas" de roupa. Sou eu. E sim, eu me mudei para Vancouver em pleno inverno. 


Não, aqui não é Vancouver. É Whistler uma cidade resort. Não tinha neve em Vancouver

Acontece que me apaixonei pela Vancouver Film School que tinha um programa perfeito para mim: quatro meses intensivos de interpretação para cinema e televisão. Fazia muito tempo que eu havia deixado a arte de lado para trabalhar com publicidade. Precisava resgatar o lado artístico. E fui. Simples assim. Minha mãe foi comigo, depois o cachorro foi também (vou fazer um post só sobre levar pets para o Canadá). Olha só as primeiras fotos que fiz de Vancouver.


Por que ir tão longe?

Gente, não tem muito o que explicar. Eu precisava, literalmente, respirar outros ares. Urgente. Desde que voltei da temporada na Itália estava inquieta na cidade querendo escapar de novo.



Escolhi Vancouver por dois motivos: primeiro pelo curso que queria fazer na Vancouver Film School e segundo porque a cidade fica longe o suficiente de onde eu moro. A viagem Curitiba - Vancouver leva pelo menos umas 20 horas e, geralmente, duas escalas (São Paulo e Toronto - dá para ir via EUA também aí a escala é diferente). Perfeito para quem está querendo deixar bastante coisa para trás, né? Brincadeira....
Além disso, Vancouver é uma cidade de praia e lá não faz (tanto) frio. Na verdade, o clima é bem parecido com Curitiba. Muitos dias nublado, bastante chuva e sol de vez em quando. Morar em Vancouver é uma delícia, principalmente porque eu morei em Downtown, o centro da cidade, onde em algumas horas você conhece a cidade inteira caminhando.  

Nos próximos posts eu conto mais coisas sobre morar em Vancouver. Por enquanto, aqui vão algumas fotos aleatórias.






Gente, tem algum assunto que vocês queiram saber mais? Só deixar um comentário  =)