24 outubro, 2014

Ballet Fitness - O melhor da Academia

Pliê, Grand Pliê, Passé, Fondu… Ontem foi dia de conhecer a aula de Ballet Fitness da Bodytech do Shopping Crystal. No meio de um monte de pesos e coisas de fortões, encontrei a aula mais menininha de todas. Nem precisa dizer que adorei, né? O Ballet Fitness foi criado pela Betina Dantas, formada pela Royal Academy, e explora os movimentos da dança clássica com uma pegada "aula de academia".


Agora, para quem foi pensando que Ballet Fitness é uma modalidade light (Eu!), me enganei completamente. A Bel Munhoz, professora da Bodytech, é querida, mas pega pesado e não deixa espaço para preguiça! O mais legal são os movimentos de alongamento, alinhamento da postura e, principalmente, resistência muscular e força abdominal. A aula não é difícil, quem não está acostumado com exercícios consegue acompanhar bem, mas exige bastante concentração. Este, pra mim, é o maior ponto positivo. Curto exercícios que me ajudam a conseguir uma conexão com o corpo. Senti cada movimento com bastante consciência sabendo "qual parte do corpo que estava trabalhando", sabe? O Ballet Fitness é super divertido e feminino. Uma delícia relembrar as aulas de ballet da infância e fazer os passos da barra! Que saudades! Saí da aula dolorida e feliz.
Ah, a foto está escurinha porque a Bodytech está iluminada de rosa para o Outubro Rosa, um amor <3


Juro que uma das coisas que passou pela minha cabeça foi: "que roupa eu coloco?" Juro! Fiquei empolgada para vestir saia rosa e polainas. Daí lembrei que a aula é em academia, por isso fui com roupa de ginástica mesmo e a camiseta guerreira do Johnny Depp (afinal, com essa cara sempre rola uma motivação a mais na hora da malhação). Aí encontrei a coleção fitness da Riachuelo assinada pela Gabriela Pugliesi. Acabou de ser lançada e achei muito lindinha. Vontade de comprar tudo.





*Este não é um post patrocinado. Participei da aula de Ballet Fitness a convite da assessoria de imprensa. O texto reflete minha opinião pessoal. 

Ideias de Maquiagem para o Halloween

Post rapidinho de sexta para mostrar inspirações de maquiagens para o Halloween! Muita gente se anima com as festas nesta época do ano. Eu também. Sou atriz, então minha paixão pela caracterização de personagem aflora ainda mais. Adoro me fantasiar. Já até escrevi algumas vezes que é brincando de se vestir de outro que a gente acaba sendo cada vez mais autêntico. Doido, né?
Enfim, seguem algumas inspirações que o time de maquiadores do Expert Beauty Center aqui de Curitiba enviou.


Bem legal saber que eles também fazem makes artísticas e trabalham também com materiais diversos para criar texturas, como a pasta de silicone.


Curti a dica deles sobre a fantasia: se você caprichar na maquiagem, pode improvisar o figurino com peças do próprio guarda-roupa.


E aqui, mais inspirações do Pinterest. Enlouqueci com essa maquiagem que parece sair da tiarinha de renda  =)






E aí, curtiu as inspirações? Conta pra mim aqui nos comentários do blog!  =) 

*imagens: Expert Beauty Center e reprodução Pinterest 

23 outubro, 2014

Moda e Arte - Novos designers no Print All Over Me

Quem adora estampas, moda e novos designers, vai curtir esse post! Sempre estou procurando coisas fresquinhas para mostrar aqui no Shakespeare de Batom. Nessas minhas pesquisas, encontrei um site chamado Print All Over Me. Muito legal! O PAOM (apelido fofo) é uma plataforma de colaboração e criação que facilita a vida de novos designers para produzir seus produtos. 



As colaborações feitas com artistas são lindas. A ilustradora brasileira Marina Esmeraldo é um dos destaques do Print All Over Me. A coleção traz uma moda cheia de grafismos bem divertidos. Vale a pena conferir. Olha o video!



O Print All Over Me funciona assim: o artista se cadastra e faz o upload de seus desenhos escolhendo quais produtos ele deseja vender. Depois, é só torcer para os consumidores curtirem e começarem a comprar. Curti bastante as estampas de kimonos, minhas nova obsessão fashion. 




Para gente como eu que sempre busca novas referências, o site é um paraíso. Tem de tudo. Estampas esquisitas, lindas, clássicas, modernas, doidas, convencionais… É só procurar um pouquinho. 
As estampas das saias também são legais. Adorei o desenho com as cerejeiras. 




Os casacos também são bem divertidos. Curto muito este modelo esportivo de jaqueta. E esse moletom com o desenho da moça na piscina é lindo demais. 





Ah, para conhecer um pouquinho sobre a Marina Esmeraldo, olha só uma série divertida da ilustradora. Um xuxu, né?  






*imagens reprodução 

22 outubro, 2014

Garotinhas listam palavrões mais ofensivos do que "Fuck"

"I'm not some fucking hopeless princess! I'm pretty fucking powerful. And ready for success!" 


Sério. Vi este video divulgado no Brainstorm e preciso compartilhar aqui no Shakespeare de Batom também! A marca de tshirts com frases ativistas FCKH8 (abreviação de Fuck Hate, ou Foda-se o Ódio) lançou um video cheio de alfinetadas sobre conceitos como feminismo, feminilidade e sexismo. Menininhas boca suja vestidas de princesas perguntam: O que é mais chocante? Uma garotinha falar "FUCK" (foda-se) ou a maneira como a sociedade trata as mulheres? 


As princesas respondem! E listam palavras que são mais ofensivas do que um simples Fuck: desigualdade de salários (mulheres geralmente recebem menos do que homens para fazer  o mesmo trabalho); estupro e violência (estatística diz que 1 em cada 5 mulheres irão sobre abuso ou agressão de um homem); seja linda (sociedade diz que nossos corpos, peitos e bundas, são mais importantes que nosso cérebro).


A parte final também é divertida! Um menino também vestido de princesa alfineta: "Quando você diz para meninos não "agirem como uma menina" é porque você acredita que é ruim ser uma menina". Me lembrou a música da Madonna, What it feels like for a girl, que diz também "Garotas podem usar jeans, cortar o cabelo curto, usar camisas e botas. Porque parecer garoto é ok. Mas um garoto parecer uma garota é degradante. Porque você acha que ser uma garota é degradante".
Enfim, assiste ao video e me conta o que achou! Ah, desculpa, não encontrei com legendas em português…



21 outubro, 2014

Beleza Natural - Modelo usa 365 camadas de maquiagem em video

Tudo na vida tem mil lados, né? Como boa libriana, estou sempre tentando encontrar o equílibrio entre vaidade e o "estar de bem comigo mesma". Por um lado, sou doida por cosméticos e maquiagem. Adoro descobrir os lançamentos e experimentar produtos novos. Curto mesmo é me divertir com essas coisas. Por outro lado, acredito que às vezes a gente vai longe demais nessa busca pela beleza quando na verdade seria muito mais simples tentar ser feliz e pronto. Quem não fica com a pele mais iluminada quando está de bem com a vida? Não parece que até as olheiras dão uma trégua quando a gente está mais feliz? Aí, vivo alternando entre "cara lavada é lindo porque o sorriso é o melhor cosmético" e "corre pro shopping que chegou uma nova base revolucionária".

E vocês já viram o video Natural Beauty? Então vai lá, tira 3 minutinhos do seu tempo.


Produzido pelo duo de diretores Lernert & Sander, o video mostra a modelo Hannwlore Knuts usando 365 camadas de maquiagem de uma única vez!




Alguns números? Foram 7 potes de base, 2 de blush, 3 canetas de gloss. Ao total foram usados 228,40ml de maquiagem! Não dá para negar, o video faz a gente pensar em quão surreal a busca pela beleza se torna. E também em quanto a gente vai se escondendo por trás da maquiagem, que não deixa de ser uma ilusão.

Por isso sempre falo sobre a "vaidade saudável" ou a "beleza sustentável". O que isso significa para mim? Encarar a maquiagem (e os cosméticos em geral) como aliados para destacar o que amo em mim mesma, ao invés de pensar em esconder defeitos. Até porque defeito é uma palavra muito forte e ninguém tem. Por exemplo, no meu caso, ao invés de ficar maluca porque acho minha boca enorme, me concentro em fazer makes que valorizem os olhos grandes, uma das coisas que mais gosto no meu rosto. Pronto. Dá para se divertir com a maquiagem sem ficar refém de um padrão de beleza que não tem nada a ver com seu estilo. Pensa nisso.


E você? Como usa a maquiagem na sua rotina? Deixa seu comentário aqui no blog! 



20 outubro, 2014

Música e Moda - Pharrell Williams "Marilyn Monroe"

Então vamos começar bem a semana? Já estou na batida da trilha sonora para os próximos dias. Pharrell Williams arrasando com o clipe da música "Marilyn Monroe". Letra, visual, figurino, tudo muito fashion.
Para mim, Pharrell é um ícone de tudo que acredito: música + moda + gentileza + atitude. Fica a dica!



E por falar em moda… quem ficou doida com a foto que Pharrell compartilhou da coleção para a Adidas? Eu! Olha só quantas cores! Dá para sair todo dia com um par diferente, amei.




15 outubro, 2014

Série de fotografias Lovers Shirts mostra mulheres vestindo a camiseta de um ex-amor

O que permanece depois que o amor vai embora? O que resta de um coração partido? Lembranças, memórias, músicas, cartas, fotografias e talvez uma velha t-shirt esquecida no armário guardando tantas emoções quanto aquelas realmente vividas ao lado de quem a esqueceu por lá. Esse é o ponto de partida da série de fotografias "Lovers Shirts" criada pela dupla Carla Richmond e Hanne Steen. Elas registraram várias mulheres enquanto se olhavam no espelho vestindo a camiseta de um ex-amor. O resultado é um conjunto de imagens muito sensíveis. 

É impressionante como as camisetas velhas conseguem provocar tantos sentimentos. Mais incrível ainda é perceber como a gente acaba criando um relacionamento com um objeto inanimado algumas vezes muito mais vivo do que a própria pessoa que um dia o usou.  
Só que deixar a camiseta dele no guarda-roupa não vai fazê-lo voltar. E quer saber? Ainda bem! Pensa comigo: se acabou é porque não deu certo. Ou porque deu certo por algum tempo e depois não mais. Claro, os momentos vividos foram ótimos, lindos, maravilhosos, quase perfeitos. Mas o grande lance é guardar as memórias onde elas devem permanecer: justamente, na memória
Bom mesmo é dizer adeus. Se dói? Muito, mas vale a pena. O adeus é bom e abre caminho para novas coisas boas entrarem na nossa vida. 
Então proponho hoje abrir espaço. Deixar tudo vazio para ventilar um pouco. Jogar fora a camiseta velha e ver o armário esvaziar. Chega de ter medo do espaço vazio. Vamos amá-lo sabendo que ele é temporário e um sinal de que temos espaço disponível para coisas novas e boas.  
Ao invés de preencher o guarda-roupa e a vida com camisetas velhas de quem já foi embora, vamos esperar um pouco e preencher o armário com camisetas novas de quem acabou de chegar. 
                 


"É apenas um pedaço de pano que se transformou em uma promessa de que ele nunca iria embora" 



"Enquanto eu me segurar na camiseta, ela nunca estará completamente fora da minha vida"



"Quando eu a vista me sinto um pouco menor do que eu sou. Eu uso quando estou me sentindo só"







---- Veja a série completa no site:  http://www.herclayheart.com/#/ 

08 outubro, 2014

Moda e Protesto - por The Business of Fashion

Atenção: esta é uma tradução adaptada do artigo Is Fashion a Credile Platform for Protest? do The Business of Fashion. Leia o post original!

O povo da moda já cansou de falar sobre o desfile de primavera 2015 da Chanel na Semana de Moda de Paris e seu falso protesto feminista, ou faux-test (uma brincadeira de palavras que faz alusão à falsidade e protesto). As modelos desfilaram pelo "Boulevard Chanel", uma rua de mentira, segurando cartazes, também de mentirinha, com slogans como "Make Fashion Not War" (faça moda, não faça guerra). Muitos acharam o desfile leviano e digno de performance encenada para o Instagram. Mas o bacana do artigo do BoF é que ele reflete sobre o poder da moda em atrair atenção da mídia para assuntos diferentes e transmitir mensagens sérias.

O BoF relembra a carreira de Jean Paul Gaultier e seus desfiles protagonizados por modelos diferentes do padrão convencional, como plus-sizes e transgêneros, além de mulheres conhecidas não apenas por sua beleza, mas também pela carreira. Uma maneira de homenagear o poder feminino e conversar sobre padrões de beleza. Em 2011, Beth Dito foi sua estrela. Já na primavera 2015, a atriz Rossy de Palma reinou ao lado de um casting com mulheres de cabelos brancos.



O artigo também lembra que Vivienne Westwood, a punk da moda, é prova viva do potencial do mundo fashion em carregar assuntos importantes. Ela já endossou diversos campanhas como a independência da Escócia e a responsabilidade ambiental, por exemplo. "Um amante da arte é um lutador pela liberdade". Este é o espírito que transborda no trabalho da designer. Segundo o artigo, "quer você acredite ou não nas causas que ela apoia, quando Westwood protesta ela o faz em nome de uma causa genuína". Diferente de Chanel, na minha opinião.



E aí entra o grande lance de tudo. O BoF afirma que as marcas que verdadeiramente apoiam causas são aquelas que não fazem estardalhaço a respeito. Eles citam Stella McCartney como a campeã pelas causas ambientais e proteção aos animais. E como ela faz isso? Simplesmente não utilizando couro, pele ou qualquer outro produto de origem animal em suas coleções. Pronto. A designer procura utilizar materias biodegradáveis e orgânicos sempre que possível. Suas sandálias tem solas biodegradáveis, as bolsas tem tecido feito com garrafas recicladas. Voilà. Manter uma marca sustentável não é fácil, mas ela o faz ainda assim. Este é o verdadeiro protesto. 


O artigo ainda fecha afirmando que sim, a moda é capaz de engajar consumidores em causas sérias, mas para isso, antes de mais nada, precisa ela mesma estar engajada com a causa. Precisa adquirir uma mensagem verdadeira. Tratar as causas sociais e políticas como jogada de marketing destrói o significado do protesto. A equipe do BoF ainda dá o recado: "Da próxima vez que uma marca de moda pegar um cartaz, deve primeiro se certificar de que ela tem algo a mais a dizer".
o desfile faux-test da Chanel 

E aí, o que você acha sobre a "moda do protesto"? Deixa sua opinião aqui no Shakespeare de Batom! 


*Gente, não sou de repostar artigos, mas esse vale muito a pena. Concordo com a opinião do artigo que evidencia muitas das minhas próprias reflexões.

**todas as imagens: reprodução

Achado em Curitiba para Dia das Crianças

Lembra daqueles bonecos que a gente regava para crescer uma grama como se fosse um cabelinho? Pois então, encontrei na semana passada no Lady&Lord, uma rede de salões daqui de Curitiba, quando fui fazer as unhas. Uma graça!



A Wendi e o Wilson são opções fofas para lembrancinha de Dia das Crianças! Além disso, eles fazem parte de uma ação para ajudar ao Hospital Erasto Gaetner e despertar a consciência de combate ao câncer desde cedo. "Os bonecos simbolizam a luta de milhares de pacientes em tratamento contra o câncer que, muitas vezes, perdem os cabelos ao enfrentar a quimioterapia. Assim como o cabelo dos pacientes renasce quando a saúde é restabelecida, os bonecos ganham cabelo (grama), conforme são regados e cuidados".
Eu já trouxe a minha Wendi para casa. 


*Cada boneco custa R$ 14. Toda a renda arrecada será doada pelo Lady & Lord para a Liga Feminina de Combate ao Câncer do Hospital Erasto Gaetner.

06 outubro, 2014

Melon Melon Tees - É moda e faz bem

É moda e faz bem. Adorei a ideia! Essa é a nova iniciativa em prol das causas sociais do Shopping Mueller em parceria com a Melon Melon Tees. Em setembro a marca lançou uma coleção cápsula de camisetas exclusivas para comemorar o Vogue Fashion's Night Out. No evento, tinha até uma pop up store super fofa! Agora, as t-shirts tem um novo objetivo: fazer o bem. Parte do valor arrecadado com as vendas será revertida à Escola Nilza Tartuce, instituição que atende jovens e crianças com deficiência intelectual.


Olha só que fofas as camisetas. A Owlie, mascote do FNO, também estampa uma das t-shirts. Ah, elas vem nas cores branca, preto e cinza. Achei as brancas mais fofas. A minha tem a ilustração da menina fashionista. Um amor.



A Melon Melon Tees é uma marca de camisetas daqui de Curitiba criada pela Dani Mello, blogger também, e Fernanda Mastrorosa. Essa coleção cápsula parte da ação #emodaefazbem está disponível para compra online, aqui no link. Cada camiseta custa R$ 79.


*O release e o produto foram enviados pela assessoria de imprensa para conhecimento. Este não é um post patrocinado.